Orientação de pais

Inovação a serviço da sua família

Quando devo procurar a orientação de pais?

Você está com dificuldade para estabelecer regras e rotinas, percebe que constantemente se envolve em conflitos com o seu filho(a) ou tem dificuldade para entender e lidar com as características dele(a)? Chegou a hora de procurar a orientação de pais!!!

Não nascemos preparados para ser pais e os nossos filhos não nascem com manual de instrução. Isso significa que a arte de ser pai e mãe é uma construção que envolve tempo, prática e preparação. Sabe o que é mais interessante? Quando chegamos ao ponto de entender os nossos filhos e usar estratégias assertivas no dia a dia, tudo muda e as estratégias que usávamos não funciona mais! pois, eles entram numa nova fase da vida. 

Quando as dificuldades de comportamento da criança/adolescentes são maiores, como o que acontece nos casos de transtornos do neurodesenvolvimento e psiquiátricos, a parentalidade se torna ainda mais desafiadora. Isso porque as estratégias para lidar com os problemas de comportamento (choro excessivo, agressividade, irritabilidade, ansiedade, oposição, entre outros) não são intuitivas.

Nesses momentos que percebemos que não estamos sabendo lidar com nossos(as) filhos(as) a orientação de pais ajudará a desenvolver estratégias assertivas!

A orientação de pais

  • É baseada em técnicas comportamentais e cognitivas;

  • É uma intervenção breve e focada em metas

  • Pode ser realizada como atendimento avulso ou como uma intervenção continua;

Dra. Andressa Antunes 

Se preferir, para agilizar o seu contato, entre em contato pelo Whatsapp e converse diretamente comigo

Conheça mais a profissional

Eu sou apaixonada pelo desenvolvimento infantil e encanta-me a forma como nós, pais e mães, influenciamos esse processo. Vejo que um dos maiores desafios dos pais e mães é compreender como funciona a cabeça dos filhos para então usar estratégias adequadas para lidar com os seus comportamentos. O meu objetivo é traduzir essa cabeça para os pais e fazê-los entender o que é possível exigir, como facilitar a aprendizagem, como diminuir os conflitos.

Se o(a) seu(sua) filho(a) tem algum transtorno, deixo um recado especial: não faça tudo sozinha(o), a sua capacitação é importantíssima para o melhor desenvolvimento do(a) seu(sua) filho(a).

Conheça nossas cartilhas gratuitas

R. Piauí, 345, Sala 903 - Santa Efigênia, Belo Horizonte 

Dra. Andressa Antunes: (31) 98427-3487

Dra. Annelise Júlio-Costa: (31) 99890-5921

Dra. Nathália Falconi Cheib: (31)  98797-0599

 

Copyright 2019 Neuropsicoterapia| Todos os direitos reservados